O FESTIVAL

13º FESTIVAL DE CIRCO DO BRASIL

O Festival de Circo do Brasil realiza em 2017 sua décima terceira edição.

Com o patrocínio da Petrobras, a décima terceira edição do Festival de Circo do Brasil, em 2017, será realizada entre os dias 05 e 15 de outubro. Sucesso de público e crítica especializada, o evento, que se destaca como um dos mais importante do gênero no país, vem com uma programação que contempla 14 atrações com apresentações/intervenções, além de oficinas gratuitas, duas exposições de arte, lançamento de livro e sessão de cinema.

Este ano, estarão presentes artistas e companhias circenses internacionais como o Circo Pitanga (BEL), com dois espetáculos de peso em seu repertório: “Rêves d’Été”, um romance contado através de acrobacias aéreas e “Cordes Nuptiales”, que revela as aventuras e desventuras de um casal de noivos às vésperas do casamento.

O argentino Chacovachi (referência como palhaço bufão na América Latina) junta-se à sua conterrânea Maku Fanchulini para levar seu humor ácido e rebelde aos palcos com o espetáculo “Fritos e Refritos”. Já o multiartista Paolo Nani, apresentará dois espetáculos solo: “The Letter” e “Jekyll On Ice”.

A arte circense nacional será representada pelas companhias LaMinima (SP), Piccolo Circo (SP), La Cascata Cia Cômica (SP), Trupe Carcará (PE), Circo Dux (RJ), Cia. do Relativo (SP), Namakaca (SP) e Cia. dos Palhaços (PR).

As apresentações acontecerão nos teatros Santa Isabel, Apolo e Hermilo com ingressos a preços populares e venda antecipada pelo site compreingressos.com/festivaldecircodobrasil.

O espetáculo “É Nóis na Xita”, do grupo paulista Namakaca, fará oito apresentações gratuitas em áreas externas da cidade do Recife e Região Metropolitana. Em cena, o público poderá acompanhar a disputa incansável entre os palhaços Cara de Pau, Montanha e Cafi, que a todo custo querem arrancar risadas do público com improvisações e números circenses.

Fazendo uma integração com a música, a programação do Festival promoverá o show do cantor e compositor pernambucano Silvério Pessoa, a céu aberto, em frente à igreja do Poço da Panela. Já o grupo Sagrama, leva seu repertório de canções do espetáculo Alinhavado ao palco do Teatro Santa Isabel.

No cinema da Fundaj, haverá a exibição do filme “Minha Avó era Palhaço”, documentário que conta a trajetória artística de dona Maria Eliza Alves dos Reis, a primeira palhaça negra do Brasil. E no Paço Alfândega acontecerá o lançamento do livro “Manual e Guia do Palhaço de Rua”, do multiartista Chacovachi (ARG).

O público poderá conferir também duas exposições de arte. O artista plástico olindense Raoni Assis apresenta uma série de obras ligadas ao universo do circo de horror na mostra intitulada “Ouroborus – Circus Máximos” e o paulistano Guilherme Pires expõe sua galeria de trabalhos de “Bonecos Circenses”.

Oficinas e Workshops gratuitos também farão parte dos dez dias de Festival. Ministrada por Albin Warret (FRA) e Maria Paula Costa Rego (PE), a Oficina Circus Next Lab, acontecerá no Teatro Hermilo Borba Filho. A bailarina promoverá também a Oficina de preparação corporal, intitulada “Corpo em Camadas”. Já os palhaços Chacovachi e Paolo Nani coordenarão seus workshops individuais na sede da Luni Produções, no bairro de Casa Forte.

Para participar, os interessados deverão encaminhar um e-mail para festivaldecircodobrasil@gmail.com com os seguintes dados: nome completo, RG, telefone e currículo.

Vale ressaltar que os alunos das oficinas terão acesso gratuito a todos os espetáculos do evento – inclusive os pagos – com encontros entre os artistas e os alunos num debate sobre o processo criativo do que foi assistido.